Radio Utopia Player

Uma História da Trompa estreia no F.I.M.A. em Loulé.

Uma História da Trompa estreia no F.I.M.A. em Loulé.

O espetáculo Uma Historia da Trompa (UHT) de Laurent David Rossi produzido pela KotoStudios tem estreia agendada para 21 de maio, 19H00 no Cineteatro Louletano em Loulé, no âmbito do Festival Internacional de Música do Algarve (FIMA).

UHT é um espetáculo multimédia ao vivo que conta a história da trompa, desde a sua origem até aos nossos dias. Este instrumento, presente desde os primórdios da humanidade com o corno animal até aos nossos dias, com a trompa moderna, será tocado ao vivo por um trompista, interpretando extratos de obras, com diversos instrumentos ligados à família da trompa.

A performance em palco interpretada pelo trompista Laurent David Rossi, terá como cenário, um filme projetado num grande ecrã, ilustrando com audiovisuais os vários quadros da evolução da trompa. Neste filme, descobrimos através das brincadeiras e dos olhos curiosos de duas crianças, as transformações e as variantes do instrumento, os intérpretes e os compositores, que no seu conjunto, constituem o rico património do instrumento.

Foi efetuado o levantamento histórico das peças e compositores que ao longo dos tempos compuseram para este instrumento, o que resultou, não só base musical do espetáculo, mas também, na publicação do CD da banda sonora do filme.

A KotoStudios, em co-produção com a Filmógrafo, produziu e realizou o filme que serve de base visual e narrativa para o espetáculo. Num tom documental, o filme recorre a imagem real e a uma multiplicidade de estilos de animação para ilustrar a evolução deste instrumento, pensado não só para melómanos, mas também amantes de cinema, história e animação.

 

O espetáculo UHT vai iniciar em Loulé um circuito itinerante que levará o espetáculo a todo o país e a várias cidades no estrangeiro.

FIMA regressa 7 anos depois

Após um interregno de 7 anos o Fima está de volta, integrado no programa 365 Algarve. Para este regresso estão preparados 20 concertos que terão lugar até ao final de Maio que irão decorrer em onze concelhos do Algarve. A programação conta com espetáculos que vão desde a musica clássica á musica de câmara. Certas estão já as participações das orquestras a Clássica do Sul, a Metropolitana de Lisboa e a da Estremadura. Mas nem só se música se faz o FIMA, estão também previstos espetáculos de multimédia bailado e jantares concertos.

Go to top