Radio Utopia Player

Radio Utopia

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Radio Utopia

Comemorando esta edição o 30º aniversário, o que faz da Arte Doce a mais antiga feira do Género no Algarve.

Este ano o tema é “flores e plantas do Algarve” o que faz antever autênticas obras de arte criadas pelas doceiras participantes.

Com entrada gratuita a Arte Doce decorre de 28 a 30 de julho no Complexo Desportivo Municipal, entre as 18h00 e as 24h00, e nem só de doces se faz a festa a música também é rainha e este ano fica a cargo de Ana Moura, Dengaz e Ala dos Namorados.

 

O certame tem como objetivo a divulgação e promoção da doçaria regional, onde o doce fino tem lugar de destaque, com as doceiras a esculpirem autênticas obras de arte. O artesanato e as tasquinhas também marcam presença no evento.

resistência noturna
resistência noturna

A 5ª edição da Prova de Resistência Noturna de BTT em Castro Marim, contou com um total de 160 participantes o que em comparação com a edição de 2016 representou um aumento de 30 ciclistas.

A Prova de Resistência Noturna de BTT “Por terras de Salmarim” é organizada pela Associação Rodactiva.

O traçado da prova passou pelos principais marcos do património histórico edificado da vila de Castro Marim – Colina do Revelim de Santo António e Forte de São Sebastião, além da bela paisagem da Reserva Natural do Sapal.

 

A 5ª edição da Prova de Resistência Noturna de BTT da Rodactiva contou com os apoios da Câmara Municipal, da Junta de Freguesia de Castro Marim e de empresas da região do baixo Guadiana.

 

 

Carga contentorizada continua em destaque com o numero de Teu movimentados a crescer 34%




Sines encerra a primeira metade de 2017 com um total de 25,8 milhões de toneladas movimentadas, correspondendo a um crescimento homólogo de 7%.

Os Contentores continuam a destacar-se com uma movimentação total de 926.212 TEU, um incremento de 34% face ao mesmo período de 2016, que corresponderam a um total de 11,8 milhões de toneladas, 25% acima do
volume registado o ano passado.

Também os Granéis Sólidos registaram um crescimento da ordem dos 7%, com especial destaque para o carvão que se aproximou dos 2,8 milhões de toneladas, cerca de 13% acima do período homólogo.

Pese embora tenha havido um decréscimo nos Granéis Líquidos, deve salientar-se o comportamento do GNL - Gás Natural Liquefeito, a ultrapassar o milhão de toneladas. Ainda neste segmento, que apresentou um decréscimo da ordem dos 6%, deve referir-se que os volumes movimentados se enquadram na média de anos anteriores, com exceção para o ano de 2016 quando Sines beneficiou da interrupção na operação da mono boia de Leixões.

Artigo de Opinião de Luisa Lagarto, psiquiatra, membro da direção da Associação Cérebro & Mente

 

Época dos Saldos agrava oniomania Impulso para comprar pode ser doença psiquiátrica

 

A oniomania (do grego onio “compra” + mania “loucura”), também designada por Perturbação Compulsiva por Compras, é uma doença psiquiátrica que se carateriza por um desejo recorrente e descontrolado de fazer compras. Estima-se que atinga cerca de 6% da população mundial, e cerca de 90% são mulheres. Os principais sintomas consistem em comportamentos repetitivos, pensamentos intrusivos/preocupações relacionadas com compras e impulsos para comprar, que são vivenciados como irresistíveis e de difícil controlo.

Os doentes descrevem uma sensação de tensão e de ansiedade crescente, que só alivia quando a compra é realizada. Após a compra geram-se habitualmente sentimentos de culpa, angústia e preocupação. Com frequência são adquiridos objetos supérfluos e de elevado valor, resultando em problemas financeiros graves.

A oniomania tem início no final da adolescência ou na segunda década de vida, o que poderá estar relacionado com a emancipação do núcleo familiar, acesso a créditos bancários e com o uso compulsivo do computador, particularmente a utilização de sites onde é possível fazer compras on-line.

Estes comportamentos provocam sofrimento no indivíduo, são consumidores de tempo e podem originar problemas ao nível pessoal, familiar, legal e financeiro. Depressão, ansiedade, distúrbios alimentares e/ou uso de substâncias são patologias comuns nos doentes que sofrem desta doença. É importante distinguir estes comportamentos daqueles que decorrem de forma normal. Os gastos excessivos episódicos que ocorrem em ocasiões especiais (festas, aniversários, férias...) não configuram necessariamente este diagnóstico, principalmente se não estiverem associados a preocupação ou angústia e se não implicarem consequências adversas.

Ainda não estão esclarecidas as causas para esta perturbação, no entanto sabe-se que estão envolvidos fatores neurobiológicos, genéticos e psicológicos. O perfeccionismo, a impulsividade e a baixa auto-estima são traços de personalidade frequentemente associados à doença. Alguns fatores socioculturais são reforçadores deste tipo de comportamentos, particularmente a crença de que a aquisição de bens representa ascensão social, poder, prestígio e autonomia financeira. Para além disso o estímulo para o consumo e a disponibilidade de uma ampla gama de produtos podem contribuir para o desenvolvimento da doença.

O tratamento envolve acompanhamento psiquiátrico regular, psicoterapia cognitivo-comportamental e medicação. As intervenções em grupo são benéficas pois proporcionam um ambiente de apoio e encorajamento mútuos. A terapia de casal também pode ser necessária, caso se verifique problemática no relacionamento conjugal precipitada pela doença.

 

Para prevenir a compulsão por compras, os doentes são orientados no sentido de alterarem os seus comportamentos e hábitos de vida. Por exemplo, sugere-se para estes doentes: evitar épocas de promoções, evitar frequentar regularmente centros comerciais e faze-lo em companhia, não levar cartão de crédito ou usar credito limitado, fazer listas previamente para adquirir apenas o que é necessário, evitar a utilização sites de compras on-line.

Praias de Castro Marim equipadas para situações de emergência médica

 

A juntar aos DAE desfibrilhadores automáticos externos com que a Autarquia de Castro Marim equipou as três praias do concelho Alagoa/Altura, Praia Verde e Praia do Cabeço, este ano os nadadores salvadores das concessões receberam macas (planos duros) que permitem desta forma a imobilização e contenção das vítimas durante o transporte.

Os nadadores-salvadores com estes equipamentos podem ter uma atuação pronta e adequada a situações de emergência médica, para a qual tiveram também a devida formação técnica. De referir que a utilização do DAE é o único tratamento eficaz na paragem cardíaca em casos de fibrilação ventricular, causa da maior parte dos episódios de morte súbita. A utilização dos dispositivos, em ambiente extra-hospitalar, por pessoal não médico, melhora significativamente a sobrevida do paciente.

 

 

Câmara Municipal de Castro Marim, Nuno Pereira. O presidente da autarquia e também médico, Francisco Amaral, acrescenta que “a morte por paragem cardíaca nas praias é muito mais frequente do que por afogamento, para onde tem sido canalizada a atenção deste país ao longo dos anos”.

A Fortaleza de Santa Catarina, em Portimão, volta a ser palco do evento de vinhos que se produzem em Portimão.

 

O PORTIMÃO WNE TASTING sai à rua de 21 a 23 de julho, numa iniciativa que pretende estimular a população à descoberta dos vinhos que se produzem em Portimão. Organizado pela Associação Turismo de Portimão e pelos três produtores de vinhos de Portimão -Herdade dos Pimentéis, Quinta do Morgado da Torre e Quinta da Penina-, o evento decorre na Fortaleza de Santa Catarina, na Praia da Rocha, e promete três dias de boas experiências.

 

A partir das 20h00 e prolongando-se até às 00h00, durante os três dias do evento, o convite é para que as pessoas venham provar, experimentar e levar para casa vinhos de qualidade que se produzem em Portimão, alguns já premiados, ainda que pouco conhecidos para muitos, num ambiente descontraído, onde podem conversar, conviver e até dançar. No que diz respeito aos sabores, o formato é também bastante informal baseando-se no conceito de Street Food. Desde o tão apreciado hambúrguer de cavala, da Maria do Mar, passando pelos queijos e enchidos, ao afamado porco no espeto e terminando com um doce regional, aqui poderá encontrar o acompanhamento perfeito para um vinho de excelência, quer seja um tinto mais leve, um branco fresco ou um rosé frutado.

Nos meses de julho, agosto e setembro, a Câmara Municipal está a promover os Passeios Culturais, com a temática Lagos, a Cidade dos Sonhos e dos Segredos, com o intuito de dar a conhecer uma outra perspetiva da cidade, do seu património e das inúmeras histórias que fazem parte da cultura local.

 

De enorme relevância histórica e cultural, Lagos foi um dos palcos principais da época dos descobrimentos, onde muitas das embarcações partiram á descoberta de novos horizontes, se bem que a sua história seja muito anterior, assim como a sua importância. São alguns desses segredos e curiosidades que a autarquia local convida a virem descobrir. Da presença e grandeza do Passado, subsistem ainda valores materiais dos tempos dos Descobrimentos e das principais etapas cronológico-culturais de alguns dos reinados mais importantes dos séculos XV e XVI. A par desta dinâmica do período dos Descobrimentos, temos ainda vestígios da sua grandiosidade militar e da pujança da Arte Contemporânea no todo do município de Lagos. Cidade dos Sonhos, porque daqui, e apenas como exemplo, D. João I partiu para a conquista de Ceuta. Terra de Segredos, porque em cada rua e esquina do seu Centro Histórico se revelam pormenores do melhor da Arte Manuelina e, em alguns dos casos, trabalhos únicos a nível nacional.   Os Passeios Culturais decorrem durante este verão, em horário diurno e noturno, sendo que alguns são pedestres e outros em comboio turístico. As Inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, no Posto de Turismo - até 2 dias antes da visita desejada

Portimão celebra este ano a 60ª edição da Feira do Livro com muita poesia e literatura.

São enumeras as propostas dos mais diversos géneros literários a preços agradáveis. Até 24 de agosto, na Zona Ribeirinha de Portimão – Avenida Guanaré, junto ao Posto de Combustível da Repsol, há muito para ver e explorar. Serão 42 dias a celebrar a poesia e literatura, numa festa que é feita de livros, escritores e leitores.

O evento, organizado pela Livraria e Papelaria Elifalma em conjunto com a Câmara de Portimão, abre portas entre as 19h00 e as 00h00 e propõe para a primeira quinzena um foco na poesia com a presença de vários poetas da obra “Palavras de Liberdade” - Colectânea de Poetas de Portimão, lançada no mês de abril no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão no âmbito das Comemorações do 25 de Abril.

 

Uma obra constituída por 25 autores, sendo 12 poetas e 13 poetisas, entre eles, Glória Marreiros, António da Silva Marreiros, Sérgio Brito, José Garrancho e muitos outros. Destes, alguns nasceram no concelho de Portimão e outros adotaram Portimão como a sua cidade do coração, por aqui residirem ou trabalharem há muitos anos. Os poemas têm uma linguagem livre e espontânea, alguns de cariz mais popular outros mais eruditos, versam sobre o amor, a morte, a vida e a liberdade.

IV Edição do Festival Música Júnior de 22 a 30 de Julho, tem neste ano a temática de Música nas Américas.

 

MÚSICA NAS AMÉRICAS será o tema deste ano e o convidado principal será pela primeira vez um Maestro – JOSHUA DOS SANTOS – considerado um dos jovens maestros Venezuelanos mais experientes e versáteis da sua geração tendo sido assistente de Gustavo Dudamel na Orquestra Philarmónica de Los Angeles e trabalhado com Charles Dutoit, Neeme Järvi, Pablo Heras-Casado, entre outros.

Esta edição, pois apresenta ainda mais três protagonistas de grande relevo: Vasco Dantas Rocha – Piano, Jeffery Davis – Vibrafone Jazz e Gabriela Canavilhas (Ex-Ministra da Cultura) para fazer a apresentação os espectáculos finais.

 

Tendo MONTALEGRE como epicentro, a iniciativa irá novamente estender as actividades aos Municípios de BOTICAS, CHAVES, RIBEIRA DE PENA, VALPAÇOS, VILA POUCA DE AGUIAR e VILA REAL, localidades que irão acolher concertos de música de câmara em que os professores e os alunos do FMJ também serão os protagonistas.

 

O convite estende-se igualmente a toda a família para passar férias no decorrer do Festival, usufruindo dos alojamentos e do potencial turístico da região do Alto-Tâmega.

Pág. 1 de 21

Apoie a Rádio Utopia.

Valor:
Go to top